Atualmente, o consumo mundial de papel é de 400 milhões de toneladas por ano. Somente no Brasil, a capacidade produtiva é de 800 mil toneladas por mês, resultando na derrubada de mais de 15 mil árvores. Você ainda se pergunta por que eliminar o papel da sua empresa?

Pois bem, para tornar esse cenário ainda pior, as despesas referentes aos materiais de escritório, que inclui papel e gastos com impressões, podem ser responsáveis por até mais de 20% do faturamento. Isso representa um prejuízo silencioso, que impede o crescimento de muitas empresas.

Se tudo isso que foi dito ainda não convenceu você, continue lendo e descubra mais 5 motivos para eliminar o papel da sua empresa. Vamos lá?!

Mas afinal, por que eliminar o papel da sua empresa?

Como já foi dito, o gasto com recursos que envolvem papel em uma empresa representa uma grande fatia do faturamento da mesma. Então, porque gestores acabam protelando essa mudança na gestão de recursos? Sem dúvidas, já é passada a hora de fazer uma transição e gerar mudanças nessa cultura desenfreada. Então, vamos conhecer excelentes motivos para eliminar o papel da sua empresa:

  1. Dificuldade de organização

Segundo pesquisa realizada pela Enterprise Content Management Maturity Model em 2013, o nosso país figura entre o nível 1 e 2 no que diz respeito a adoção de práticas para gestão de informação. Isso mostra como o processo de organização interno é ineficiente na maioria das empresas.

O pior é que isso tem tudo a ver com o papel. Isso porque as empresas brasileiras perdem 1 documento a cada 12 segundos. Além disso, é constatado que funcionários perdem mais de 2h diárias em busca de documentos extraviados, sendo que 990% das informações não são mais acessadas depois de arquivadas.

 

  1. Elevado custo

Ter uma estação com diversas impressoras, resulta para uma empresa em um alto consumo de energia elétrica, compra de suprimentos e manutenção de equipamentos, sem falar no arquivamento de toda essa papelada. O fato é que, nesse momento, seu faturamento está sendo consumido por esses itens.  Então faça os cálculos, afinal, não ter controle desses gastos é sinal de uma gestão ineficiente.

 

  1. Papel e mais papel

Considere uma empresa de grande porte que faça cerca de 50 mil impressões em um mês. Levando em consideração de uma resma de papel custa, em média, R$ 25,00, a empresa terá um gasto mensal de R$ 2.500,00 somente com o papel.

Isso sem falar na energia com as máquinas, cartuchos de tinta, outros suprimentos relacionados e, claro, o arquivamento da maioria desses papeis.

 

  1. O toner

Sendo muito otimista, um toner imprime cerca de 3 mil folhas, sendo que isso varia de um fabricante para o outro e com opções de impressão. Sendo assim, para imprimir aquelas 50 mil folhas que falamos anteriormente, são necessários, pelo menos, 17 toners por mês.

Se calcularmos por baixo, cada toner custa cerca de R$350, totalizando um gasto de R$ 5.950 somente em tinta para cópias e impressões, sem falar em todos os itens que já foram citados.

Olha quanto já somamos até agora… então some o valor mensal e multiplique pela quantidade de meses para ter uma ideia de quanto é gasto por ano somente com isso. Você ainda tem dúvidas sobre o porquê de eliminar o papel da sua empresa?

O fato é que atualmente temos uma série de soluções disponíveis no mercado para driblar essa questão. Isso sem falar no forte incentivo que isso gera ao desmatamento.

Sabendo de tudo isso, não perca mais tempo e comece a eliminar o papel da sua empresa agora mesmo. Boa sorte!

Se você quiser saber como a 2Safe pode ajudar sua empresa a melhorar os processos de sua empresa e alavancar a gestão documental de forma segura e de baixo impacto conheça nossa solução.